*****Um belo dia acordamos e descobrimos que APAIXONAR-SE É INEVITÁVEL*****

Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 25 de julho de 2010

Teatro | Calígula - Albert Camus


"O filósofo André Comte-Sponville diz que, uma das razões pelas quais não somos felizes, é porque sempre desejamos o que não temos. Se, de alguma forma, conseguimos o que não temos, aí esse estado já foi modificado. Temos então o que queríamos e, logo, não desejamos mais. Continuamos infelizes. Calígula desejava o impossível. Perdeu-se no despero da realidade da morte. Chegou à angustiante constatação de que os homens morrem e não são felizes. Esse texto forte, provocador, inquietante, de Albert Camus, foi apresentado sexta e ontem, na abertura da pequena temporada que a peça Caligula faz no Recife."

Hoje, às 20h, teremos a última apresentação do espetáculo estrelado por Thiago Lacerda, no Teatro de Santa Isabel.



Nenhum comentário:

Postar um comentário